domingo, 23 de fevereiro de 2014

Ab igne ignem

Em busca do fogo
Controle do fogo
Sonho antigo da humanidade
Noites quentes de Sodoma e Gomorra
Destruídas pelo fogo
Coquetel molotov
Rojão na torcida
Rojão no cinegrafista
Fogo na tv
A audiência pega fogo
Beijos quentes 
Uma lareira e um fondue
Calor e movimento dos corpos
Calor e movimento das partículas
Jimmy tocando fogo na guitarra
Nero tocando fogo em roma
Respiração combustão celular
(É o fogo da vida)
Foguete que sobe com fogo
Espírito que desce como fogo
Fogo da paixão
Aquece o coração
Ainda há aquela chama em mim?
Aquela que nos move
Que nos leva a fazer algo
Racionalmente sem sentido
A chama da vida
Em meu sofá
Enquanto penso no fogo
E na perigosa 
Combustão espontânea
(É o fogo da morte)
Faísca em meu peito
Um poema triste e frio
Enviado a todos
Por uma raposa de fogo


Nenhum comentário:

Postar um comentário