terça-feira, 11 de junho de 2013

Toda ideologia tem um "ou não". Ou não?

File:Coletividade em movimento.jpg

Certo e errado, somos!

Somos o que acreditamos

E isso é certo; Ou não!












Imagem retirada do site: wikimedia commons
File: Coletividade em movimento.jpeg
Author: digrado
Imagem de uso livre e distribuição


3 comentários:

  1. Bem, me lembro de Caetano Veloso, que sempre finalizava suas frases, ideias e reflexões com um "ou não". Acho que aplica-se em muitas situações. "Certo e errado, somos", mas os dois conceitos foram construídos ao longo de nossa história e muda de cultura para cultura. Mas em qualquer uma deles acredito que o homem é uma mescla dos dois. "Somos o que acreditamos", aí acho que é uma questão de referencial. Posso acreditar ser milionário (blargth!!!!), para um miserável, posso até ser. Já a classe média iria rir na minha cara. Mas entendo que se acredito ser um escritor, independente do que os outros digam, sou escritor. Então esta segunda linha é bem complexa, ou não, rsrs. Abraços meu amigo Allisson. E, obrigado pela presença de sempre.

    ResponderExcluir
  2. A linha de raciocínio é mais ou menos essa, o que separa o que nos somos, o que temos, o que queremos, da realidade nua e crua, é a ideologia, ou seja, o que acreditamos ou escolhemos acreditar que seja o real, pra nós pelo menos, mas se vc disser que é escritor Diego, basta ir ao seu blog e ver que isso é realidade...

    ResponderExcluir