quarta-feira, 29 de maio de 2013

Catarse reversa

Comi a lua 
Eu, sou a lua
A poesia é sol
Eu, escrevi o sol
Eu  Eu  Eu
Há tantos eus
Nos poemas meus
É que meus poemas são: eu!
Me libertam  e me liberto
Das fadigas diárias do mundo pós-moderno
(Isso eu já disse
                             poeticamente
                                                     em outros poemas)

Sou lua
Ser flutuante, árido e sem vida
Desprovido de luz própria
Satélite natural de si mesmo
Espelho inanimado
A refletir a luz do sol
Luz de outrem
Escrevo o sol
Quente brilhante
O sol matou Ícaro
(isso eu já disse...
O sol fonte da vida
Com seus raios-x raios gama raios ultravioletas
Raios que o partam
Explosões no sol
deus sol
Filtro solar
E outras coisas 
desprovidas de beleza
O sol provoca muito lentamente 
Uma erosão mínima na lua

Algumas coisas que escrevo
Cheias de luz e calor 
São sol, sol e sol
Parecem coisas bonitas 
Mas são coisas ruins
Deteriorantes
Escrevo-as para iluminar
Meu lado escuro
Escrevo-as para purgar
Tudo que é ruim
Mas volta tudo pra mim
Numa espécie de catarse reversa
E essas coisas escritas
De minhas coisas escrotas
É que me fazem feliz
É que me fazem brilhar
São elas que me iluminam
Mas muito lentamente
Estão a me matar

O eclipse é uma coisa linda
Todos querem vê-lo
A humanidade sempre se impressionou
Com o lado escuro das coisas
E todos verão minhas sombras
Num grande espetáculo
Quando estarei muito triste
Me sentindo sozinho no mundo
Tal qual cão sem dono
Cães sem dono não abanam o rabo
Então
Um anjo fala bem baixinho 
Bem baixinho mesmo
Baixo o volume da tv
E escuto:
- A noite e o eclipse podem até demorar
                mas uma hora a luz vai ter que sorrir!
              


2 comentários:

  1. Então continue falando do teu "eu" por que tem dado muito certo. Teu blog, sem medo de errar, é um dos meus preferidos da rede. Continue a escrever sempre mesmo Allisson, quem sabe um dia não publicamos? Já que é para sairmos da rotina! Abraços, do amigo Diego.

    ResponderExcluir
  2. Quem sabe?!?! Ía ser super legal, é um projeto muito viável, primeiro vou sonhando, depois quem sabe o sonho não vire um objetivo e de objetivo a realidade é um passo...

    ResponderExcluir