quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Para muito além do amor





A rotina não é
Um replay de um grande lance
Driblando o tédio nós jogamos
 Com amor
                 E sem romance

Suportar nada mais é
A cada dia nova chance
Imperfeitos nós vivemos
Com amor
                 E sem romance

A falta de carinho parece até
Míssel de longo alcance
Uma hora a coisa explode
Com amor
                 E sem romance

Muita fé no casamento
Que o coração não canse
Nasce filho compra carro
Com amor
                 E sem romance

Do sorriso até o pé
Olho bem cada nuance
Sua mania de espalhar as coisas
Com amor
                 E sem romance

Talvez a vida seja assim
Então escrevo num só relance
O que não vi logo de cara
Onde há amor
                   Também romance


segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

A pessoa que me faz feliz




 http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/49/Destino.jpg

Se não for você
Será outra, porém, ainda bem
Que é mesmo você




imagem retirada do site: http://commons.wikimedia.org
autor: revista destino
imagem de domínio público

Estação 9 ¾





 File:Albert Einstein Head cleaned.jpg

Tempo relativo
Só para quem para e observa
O espaço absoluto




imagem retirada do site: http://commons.wikimedia.org
autor: Oren Jack Turner, Princeton, N.J.
imagem de domínio público


quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Terceto pra depois do fim




Quando chegar o momento
Chegou o momento
Não terei nenhum verso no bolso
Apenas disfasia não patológica

Quando chegar o momento
Do vinho e da Maysa
Chegou o momento
De rejeitar teus olhos acebolados

Quando chegar o momento
Sem poesia, mão inerte
Página ao infinito e além
Chegou o momento

Chegou o momento
Quando chegar o momento
No fim, você pedirá uma poesia
Será tarde e apenas virarei as costas

Chegou o momento
Do esquecimento, do memento
Quando chegar o momento
Da reflexão pós-fim e pós mim

Chegou o momento
O orvalho dissolveu meus versos
E eu sei que você vai chorar
Quando chegar o momento

Depois de uma longa conversa ainda te fiz um terceto:

Em qual parte da estrada
Parei de ver seu sorriso
De mulher apaixonada?