quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Transtorno de ansiedade generalizado crônico




Onde está meu pensamento?
No medo! E corre a galope!
Estou cansado de tudo. Até da vida
Tô puto! Muito puto!
Com o quê mesmo?
Meu corpo se estica, se agita, se irrita
Ruborização da face + dor de cabeça
= Caveira vermelha
Olho o balde de gelo em meus pés
Que não está lá
Olho pra minha mão esquerda
Que também não está lá
Noite de horrores e tremores
Poltergeist mais uma vez na tv
Me dá um tantan pra eu dormir
Diazepan, clonazepan, lexotan
Deitado na cama, na tempestade
Sou um  barco de William Turner
Transpiração excessiva...
De quem é essa mão
Que me aperta a garganta
E o coração?

(o remédio começou a fazer efeito
Depois eu termino essa droga de poema)


Nenhum comentário:

Postar um comentário