quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Amor altruísta ou amor egoísta?





Pouco importa na lua
De qual país é a bandeira
Pouco importa se o amado
Ama de brincadeira

Pouco importa nas plantas
A origem do estrume
Pouco importa se o amado
Sente raiva e ciúme

Pouco importa aos macacos
A origem do homem
Pouco importa aos que amam
O que os amados lhes tomem

Pouca importa a quem bebe
Como se faz o absinto
Pouco importa se o amado
Não mais fecha o cinto

Pouco importa à ciência
A religião e a ética
Pouco importa se o amado
É carente de estética

Pouco importa a quem ama
Se terminou o carnaval
Pouco importa se o amado
Não tem na bolsa um real

Pouco importa ao coveiro
Quem está no caixão
Pouco importa a quem ama
O próprio coração

O que importa no amor
Assim como na poesia
É relevar os defeitos
E se apaixonar todo dia

4 comentários:

  1. E vim aqui conferir.. e aprendi que para escrever é como "se apaixonar todo dia"... gostei da sensibilidade presente no jogo de palavras tão bem arranjadas.... continuo por aqui lendo! Abraço e parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Olá Allisson!! muito bom aqui...realmente muito bem feito.

    Me fica a impressão de já ter passado por aqui...

    []

    ResponderExcluir
  3. Valeu Rafael, hj mesmo passei em seu blog e fiz um comentário sobre flores

    Abração

    ResponderExcluir
  4. Valeu Emerson, tô passando pelo dramoscópio

    lugar muito bom de escrita e sensibilidade

    ResponderExcluir